Entrevistas
Quinta-Feira, 26 de Abril de 2012
Maria Inês da Bebezinho & Cia é a entrevistada do mês
Adriana Hartwig/CDL Alta Floresta
T+ T-
 
Maria Inês Valverde Arroteia é associada a Câmara de Dirigentes Lojistas de Alta Floresta e faz parte de nossa história.  A empresária é proprietária da Bebezinho & Cia em Alta Floresta e Sinop, uma loja especializa em artigos infantis.
 
Natural de Nova Guataporanga (SP), é casada com Edson Arroteia e mãe de três filhos: Aline, Jonatas e Lucas.
 
Chegou em Alta Floresta em 1979 acompanhando os pais e trilhou um caminho de sucesso empresarial que ultrapassa as fronteiras do município.
 
Por que veio morar Alta Floresta?
 
Meus pais tinham um armazém em Nova Guataporanga (SP), e trabalhavam com comércio de bebidas e cultivo de café. A bordo de uma Kombi, com um grupo de amigos, meu pai começou viajar a trabalho por algumas cidades. Nessa época, Alta Floresta despertou seu interesse, por ser uma região nova, com muitas oportunidades. Meu pai começou ter prejuízos com o cultivo de café afetado pelas geadas e decidiu morar em Alta Floresta. 
 
Como foi a chegada em Alta Floresta?
 
Viajamos de Kombi por oito dias, enfrentando chuva forte e atoleiros. Chegamos aqui no dia 16 de fevereiro de 1979. Eu tinha iniciado o primeiro 1ª ano do 2º grau em São Paulo, quando cheguei aqui, tive que esperar um ano para continuar, pois aqui não tinha  o 2º grau na época. Foi uma loucura, não tinha praticamente nada aqui. Na área de saúde só tinha um hospital e na parte de alimentação um armazém na rua D ( J. Bernal). Não me lembro direito, mas acho que também havia um armazém do Aurora.    Meu primeiro trabalho foi como professora no Mobral.
 
Como se tornou uma empreendedora no município? 
 
Tudo começou com trabalho de vender roupa em casa. Quando surgiu a oportunidade de comprar uma pequena loja em Alta Floresta , a  Bebezinho & Cia. Na época tinha duas funcionárias. A loja cresceu e, hoje, empregamos 20 pessoas em Alta Floresta e abrimos uma filial em Sinop com 18 funcionários.
 
Planos para o futuro? 
 
Tenho a filial em Sinop e brevemente estaremos ampliando a loja de Alta Floresta. Estamos trabalhando para abrir mais uma unidade no município de Sorriso. É preciso investir para consolidar uma marca.
 
Como é ser uma conceituada empresária na cidade?
 
 Não me vejo como empresária e, sim, como uma mulher que busca uma vida melhor.
 
Qual a sua  sugestão  para quem quer investir em Alta Floresta?  
 
Analisar  primeiro se existe clientela no município para o ramo escolhido e se vai gerar lucros, porque nem sempre o que queremos é viável.
 
 Como  vê a construção das usinas? Está se preparando para  esse  momento? 
 
Acredito que a construção é uma ação positiva para a região, mas não vejo a necessidade de uma  preparação especial, pois estamos sempre investindo para melhorar nosso comércio.
 
Quais são os principais desafios de Alta Floresta em sua em sua opinião? 
 
Ainda temos muitos desafios nas áreas de educação, segurança, infraestrutura e saúde
 
Por que se tornou parceira da CDL?
 
Por ser comerciante e para acompanhar de perto os acontecimentos na economia do município
 
©2014 CDL Alta Floresta / MT - Fone: (66) 3521-2591
Este site faz parte do projeto CDL Connect que integra os sites de CDL's de Mato Grosso